Redes Sociais

Nosso Whatsapp

 (88) 9 9251 6601

Encontre o que deseja

NO AR

Jornal da Ibiapaba

    Esportes

Ceará vence Clássico-Rei e é finalista da Copa do Nordeste, confira os detalhes do jogo.

Publicada em 29/07/20 as 10:03h por Diário do Nordeste - 100 visualizações

Compartilhe
   
Link da Notícia:
Vovô bateu o Fortaleza por 1 a 0 em Pituaçu  (Foto: Felipe Santos/cearasc.com)
O Ceará venceu o Fortaleza por 1 a 0 no Clássico-Rei desta terça-feira (28) no estádio Pituaçu e chega à final da Copa do Nordeste. O gol alvinegro foi marcado por Klaus no 1º tempo. A 1ª partida da decisão da competição ocorre neste sábado (1) e o Vovô aguarda a definição entre Confiança e Bahia na outra semifinal.

O Clássico começou em alta intensidade. As duas equipes marcavam muito a saída de bola adversária, com o Fortaleza trabalhando mais a posse em busca de espaços no 4-4-2 (2 laterais, 2 zagueiros, 4 Meio-campistas e 2 atacantes e além claro do goleiro, sendo que dois são meias de defesa, ou seja, volantes) de Guto Ferreira. O lado esquerdo do ataque tricolor foi o mais explorado com Osvaldo e Bruno Melo, mas sob forte organização defensiva de Samuel Xavier, Fernando Sobral e de Fabinho, que fez seu 1º jogo após a retomada.

Ceni mudou a escalação com Marlon e Mariano Vázquez nas vagas de Romarinho e de Wellington Paulista, buscando maior cautela na fase defensiva e dando maior liberdade para David flutuar pela faixa central. O argentino camisa 32 ficou na cola de Charles, volante de distribuição do Ceará e destaque do time nos últimos jogos.

Após muito estudo e poucas chances de gol, a rede foi balançada aos 23 minutos. Em cobrança de falta pela direita, Vina achou Klaus que, mesmo contra marcação tricolor, conseguiu cabeceio no lado direito da meta de Felipe Alves. Foi o 4º gol do zagueiro em 2020 e o 2º em Clássicos-Rei.

O gol aumentou o rito do Ceará, que chegava em bloco alto com Vina e Cléber, este muito participativo na pressão sobre Juninho e Felipe. O Leão do Pici trabalhou mais a posse a partir dos 30 minutos, buscando espaços na defesa bem organizada do Vovô. 

Nos acréscimos da etapa inicial, o atacante Rick teve rara chance em contragolpe após escanteio do Fortaleza. O jovem de 20 anos arrancou pelo meio de campo acompanhado de Vina pela direita, mas Osvaldo ganhou na corrida e desarmou o atleta no que seria clara situação de gol.

No 2º tempo, Ceni mandou Yuri César, Romarinho e Wellington Paulista no começo em busca de maior poder ofensivo, mas esbarrava na defesa do Ceará, que tinha William Oliveira na vaga de Fabinho e Leandro Carvalho na de Rick.

O Fortaleza tinha mais posse, entretanto, pouco sucesso na fase ofensiva, sem criatividade pelo centro, apostando em bolas paradas com Juninho. O Vovô explorava as brechas em contragolpes com Leandro, Sóbis e Lima, que entraram na etapa final e deram gás e controle no campo de ataque para segurar o placar.

Nos minutos finais, o Leão se lançou todo ao ataque com Cariús e Tinga que também entraram. O Ceará teve paciência para aguentar a pressão e esperar até os 51 minutos para assegurar a vaga na final da Copa do Nordeste.





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Nosso Whatsapp

 (88) 9 9251 6601

Comercial - (88) 9 9251-3177 - Todos os direitos reservados