Redes Sociais

Nosso Whatsapp

 (88) 9 9251 6601

Encontre o que deseja

NO AR

Ibiapaba FM

    Ceará

Ceará registra 51 mortes e quase dez mil acidentes de trabalho em 2021; veja direitos e deveres do funcionário e empregador

Fortaleza foi responsável por quase metade das notificações, com 48% dos registros.

Publicada em por G1/CE - 31 visualizações

Compartilhe
   
Link da Notícia:
Ceará registra 51 mortes e quase dez mil acidentes de trabalho em 2021; veja direitos e deveres do funcionário e empregador

Fortaleza foi responsável por quase metade das notificações, com 48% dos registros. Especialistas explicam como empregados e empresas devem proceder em casos de acidentes no horário de expediente.

O Ceará teve 51 mortes e 9.881 notificações por acidentes de trabalho em 2021, de acordo com o Observatório de Saúde e Segurança no Trabalho. Nesta quinta-feira, 28 de abril, é lembrado o Dia Nacional em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho.

Fortaleza foi o município que mais notificou acidentes de trabalho ano passando, quando registrou 48% dos casos. Apesar dos dados expressivos, a procuradora do Ministério Público do Trabalho no Ceará, Georgia Aragão, avalia que os números podem ser ainda maiores.

“Nós temos conhecimento de que há um grande índice de subnotificação dos acidentes de trabalho e nós, conscientes dessa temática, em parceria com outros órgãos, temos um projeto de regularidade dos acidentes de trabalho que tem por objetivo a conscientização acerca das notificações, para que os acidentes sejam comunicados ao INSS, à previdência social e ao SIAN (Sistema de Informação de Agraves de Notificação”, explica a procuradora.

Ela diz que, com estes dados, é possível identificar os setores e atividades econômicas que mais registram os acidentes de trabalho e, a partir desta coleta, trabalhar na elaboração de políticas públicas voltadas à temática.

Entre 2020 e 2021, o Ceará registrou um aumento de 24% nas notificações — número que o deixou em 12º lugar do país nas estatísticas do Observatório. Contudo, o acumulado do último ano é o segundo menor na última década. Veja o gráfico abaixo com as quantidades de acidentes de trabalho registrados entre 2011 e 2021.

A advogada Daniele Gabriel também reforça a importância da notificação. “A primeira coisa, primordial, que o empregado tem de fazer quando sofre um acidente é comunicar ao empregador do que ocorreu; porque, quando existe um acidente de trabalho, tem de ser emitida uma [Comunicação de Acidente de Trabalho] CAT, que é para ele estar assegurado que ocorreu um acidente com ele”, comenta a jurista.

Ela explica que a CAT é fundamental também quando o empregado precisa ser afastado do trabalho por mais de 15 dias, quando a remuneração dele passa a ser responsabilidade do INSS.





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Nosso Whatsapp

 (88) 9 9251 6601

Comercial - (88) 9 9251-3177 - Todos os direitos reservados