Redes Sociais

Nosso Whatsapp

 (88) 9 9251 6601

Encontre o que deseja

NO AR

Playlist da Ibiapaba

    Ceará

Escolas se preparam para abrir, mas dependem de decreto estadual

Publicada em 27/05/20 as 08:28h por Diário do Nordeste - 194 visualizações

Compartilhe
   
Link da Notícia:
Pelo caráter de aglomeração de alunos em sala de aula, o setor não deverá ser incluído ainda nas primeiras etapas do projeto estruturado pelo grupo de trabalho estabelecido pelo Estado  (Foto: Camila Lima)
Após o impacto sofrido com a determinação da Justiça cearense de reduzir 30% no valor total das mensalidades, as escolas particulares no Ceará esperam e já se preparam para colocar em prática no dia 17 de junho projeto de retorno às atividades presenciais, a depender do andamento do plano de reabertura da economia a ser anunciado pelo Governo do Estado.

O plano tem previsão de início em 1º de junho, se a curva de casos da Covid-19 no Ceará for estabilizada. O Governo, porém, reforça que a possibilidade de reabertura das escolas dependerá de decreto.


Reabertura

De acordo com o Sinepe-CE, o retorno em 17 de junho ocorreria com as séries iniciais e o 3º ano do ensino médio. "Isso é um percentual pequeno diante do universo de alunos que temos. É possível fazer o manejo das atividades com distanciamento significativo", avalia, destacando não haver data estimada para retorno de alunos e outras séries.

Ele aponta que a retomada das aulas supõe medidas como a obrigação do uso de máscaras e de álcool gel, entre outras a serem adotadas pelos estabelecimentos para garantir a segurança dos alunos e dos profissionais.

Para evitar a interrupção do conteúdo programático, as escolas apostaram no ensino à distância. Outra medida foi a antecipação das férias escolares para abril, realizada por cerca de 25% das escolas, e retomar em seguida com aulas online, segundo Oliveira.

"Outras 75% já tinham a estrutura, mas tiveram que treinar professores. Houve um intenso trabalho de capacitação nesse sentido", disse ele.

Estado

Apesar da disposição das escolas em reabrir já no meio do próximo mês, a decisão terá de aguardar um posicionamento do Governo do Estado sobre a possibilidade ou não de retorno às atividades escolares presenciais.

As escolas deverão fazer parte de uma das fases do plano de retomada da economia cearense. Mas pelo caráter de aglomeração de alunos em sala de aula, o setor não deverá ser incluído nas primeiras etapas do projeto estruturado pelo grupo de trabalho estabelecido pelo Estado.

Consultado, o Governo disse apenas a reabertura das escolas terá de ser aprovado por decreto estadual, ainda não anunciado.






ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Nosso Whatsapp

 (88) 9 9251 6601

Comercial - (88) 9 9251-3177 - Todos os direitos reservados