Redes Sociais

Nosso Whatsapp

 (88) 9 9251 6601

Encontre o que deseja

NO AR

Playlist da Ibiapaba

    Ceará

Ministério Público estadual pede informações e cobra ampliação de testagem para Covid-19 no Ceará

Publicada em 15/05/20 as 06:41h por Diário do Nordeste - 145 visualizações

Compartilhe
   
Link da Notícia:
Estado tem cinco dias para responder o órgão  (Foto: Diário do Nordeste)
O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através da 137ª Promotoria de Justiça de Fortaleza – Defesa da Saúde Pública, oficiou a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), nesta quarta-feira (13), para cobrar aumento no número de testes realizados em todo o Ceará. Nesta quinta-feira (14), o Estado chegou ao número de 55.035 exames realizados, de acordo com dados da plataforma IntegraSUS. 

Com o ofício, o Estado tem cinco dias para enviar respostas ao MPCE sobre a realização de exames de Covid-19. Entre as indagações presentes no documento, a Promotoria também solicitou sobre a quantidade de testes disponíveis para a população, além de quantos foram comprados, quantos estão pendentes de chegar. Também questionou se haverá mais aquisições futuras.


Segundo a promotora responsável pela elaboração do ofício, Ana Cláudia Uchôa, da Promotoria de Justiça da Defesa da Saúde Pública, o plano de ação da testagem é essencial para evitar uma maior disseminação do vírus. “Nós recebemos relatos de pessoas que vão ao posto de saúde e, de cara, já têm dificuldade de realizar o exame. Com uma população de mais de nove milhões, e se aproximando do pico da contaminação, o Estado precisa aumentar essa testagem”, afirma.  

No ofício, a promotora do órgão também solicita respostas e resultados sobre o exame por biologia molecular (RT PCR). “Esse é o exame mais preciso, que normalmente já diagnostica no início da doença. Então, ele é o ideal para que o paciente tenha ciência da infecção e já se isole”, pondera. Dentre o número de exames, até esta quinta-feira, o Estado realizou 37.219 testes por RT PCR, 15.503 por teste rápido, além de 1.258 testes feitos por sorologia, conforme o IntegraSUS.

O órgão também solicita dados sobre como está sendo feita a entrega de diagnósticos às pessoas que não têm acesso ao aplicativo “Meu digiSUS”. “O aplicativo já é uma recomendação atendida nossa para um resultado mais fácil. Mas, quem não tem internet, como vai ser esse acesso facilitado?”, indaga a promotora Ana Cláudia Uchôa.  

Promotora solicitou, por último, quais os critérios utilizados para realizar cada tipo de exame nos pacientes.  

Testes

Por nota, a Sesa informou que recebeu a notificação do MPCE e que ela será respondida. Já sobre a realização dos testes, a Sesa ressaltou que o Ceará é o segundo do Brasil que mais faz esse exame. “Nesta semana, a Secretaria abriu chamamento público para realização de exames laboratoriais”, disse a pasta.

Em coletiva, no último dia 7, o secretário da Saúde do Ceará, Dr. Cabeto, informou que o sistema de aplicação de testes rápidos para Covid-19 por drive-thru está na fase final de planejamento. 






ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Nosso Whatsapp

 (88) 9 9251 6601

Comercial - (88) 9 9251-3177 - Todos os direitos reservados