Redes Sociais

Nosso Whatsapp

 (88) 9 9203-1190

Encontre o que deseja

<
NO AR

Forrozão da 101

    Esportes

E tome passe açucarado: Ganso capricha na especialidade em sua melhor atuação pelo Fluminense

Publicada em 11/03/19 as 09:28h por globo esporte.com - 11 visualizações

Compartilhe
   
Link da Notícia:
 (Foto: Ibiapaba FM)
Foi de Paulo Henrique Ganso a assistência para o gol de Luciano, na vitória do Fluminense por 2 a 1 sobre a Cabofriense, pela 3ª rodada da Taça Rio, no Maracanã. Mas o lance nem foi o momento de mais destaque do meia na partida.

Mais participativo e mostrando inspiração, o camisa 10 caprichou em sua especialidade: com belos passes, deixou companheiros diversas vezes na cara do gol, nesta que pode ser considerada sua melhor atuação com a camisa tricolor nos quatro jogos que disputou.

O placar poderia ter sido elástico, caso o goleiro George não parasse os atacantes do Flu e, no fim, o próprio Ganso não desperdiçasse uma boa oportunidade.

Confira os lances
O primeiro lance de efeito foi logo aos 13 minutos do 1º tempo. Ganso deixou Yony González na cara do gol, mas o goleiro George saiu muito bem nos pés do atacante, impedindo o gol.
Aos 22, o meia cobrou falta rapidamente na intermediária, pegando a defesa rival de surpresa e deixando Gilberto em boas condições na direita para cruzar.
Antes do intervalo, o camisa 10 ainda deu um belo corta-luz e um lençol no meio de campo.
Já no 2º tempo, aos 19, o meia participou da jogada do segundo gol. Gilberto recebeu de Caio Henrique e rolou para Ganso, que tocou para Luciano. Mérito maior do atacante, que mesmo de longe, acertou um belo chute rasteiro e colocado no canto direito do goleiro.
O lance mais plástico de Ganso veio aos 23 da 2ª etapa, em uma tabelinha com Luciano. O meia recebeu, puxou a bola por entre as pernas, fez um giro rápido e deu o passe para o atacante sair na cara do goleiro. Mais uma vez George foi bem e impediu que o jogador tricolor transformasse a jogada em gol.
Aos 28, foi a vez de Gilberto receber boa bola de Ganso. Mas o lateral-direito acabou pegando mal e chutando por cima.
No minuto seguinte, foi a vez do próprio Ganso desperdiçar a oportunidade de coroar a boa atuação com um gol. Calazans levantou na área, a zaga da Cabofriense rebateu e a bola sobrou para o meia, livre na entrada da área. Mas o camisa 10 tentou bater de primeira, de direita, sua perna ruim, e o chute saiu mascado para fora.





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário

Nosso Whatsapp

 (88) 9 9203-1190

Comercial - (88) 9 9251-3177 - Todos os direitos reservados